+ infoAcontecer
Fátima
Jornadas de Comunicação Social
Redes sociais são «mudança profunda que afeta modo de viver»
Texto J.B. | Foto A.E. | 27/09/2018 | 17:27
Mudaram a forma de conduzir, de comprar e de estabelecer as relações. As redes sociais «são muito mais do que uma moda» e alteram a forma como as pessoas «lidam com os valores», apontou em Fátima a «monja tuiteira»
imagem

Conhecida como «monja tuiteira», Xiskya Valladares esteve na tarde desta quinta-feira, 27 de setembro, em Fátima, para fornecer a profissionais da comunicação social de todo o país «boas práticas para evangelizar no Facebook, Twitter e Instagram». A jornalista e autora de várias publicações traçou um panorama das potencialidades das redes sociais e apontou conselhos para uma maior visibilidade neste meio.

 

«As redes sociais e as aplicações não são uma moda. São algo muito mais do que uma moda. São uma mudança muito profunda que afeta o nosso modo de viver a fé», disse a religiosa natural do Nicarágua, mas residente em Espanha. Para sensibilizar a audiência para a importância das redes sociais, que afirma serem «eminentemente conversação», a doutora em comunicação e docente universitária, apontou momentos que fazem parte da vida de grande parte da população, e que sofreram alterações devido à influência das tecnologias.

 

«Temos um monte de realidades que mudaram a maneira como as pessoas lidam com os valores. A tecnologia mudou o modo de comunicar, de conduzir, de comprar, de nos relacionarmos uns com os outros», demonstrou a co-fundadora da associação iMisión, dedicada à evangelização online.

 

A intervenção de Xiskya Valladares integrou a programação das Jornadas Nacionais de Comunicação Social e das terceiras Jornadas Práticas de Comunicação Digital que arrancaram na Casa Domus Carmeli esta quinta-feira, prolongando-se até sexta-feira, 28 de setembro. O evento é organizado pelo Secretariado Nacional das Comunicações Sociais e pela Rede Mundial de Oração do Papa.

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.