+ infoAcontecer
Mundo
Produção de peixe atinge novo recorde
Texto F.P. | Foto Codevasf | 09/07/2018 | 15:05
Setor envolve mais de 59 milhões de trabalhadores, com cada vez mais pessoas alocadas ao ramo da aquicultura. A pesca em condições não sustentáveis continua a aumentar
imagem
A redução do desperdício e o aumento da produção de aquicultura levaram a um novo recorde na produção de peixe a nível mundial. Em 2016, foram produzidas 171 milhões de pescado, sendo que 88 por cento foram usadas para consumo humano, revela o mais recente relatório sobre o estado da pesca a nível mundial publicado esta segunda-feira, 9 de julho, pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO).

O documento lembra que, desde 1961, o crescimento anual de consumo tem sido o dobro do crescimento da população, demonstrado que «este é um setor crucial para atingir o objetivo de ter um mundo sem fome e subnutrição», e que este é um alimento essencial para atingir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, sobretudo no que diz respeito à conservação e uso sustentável dos oceanos.

Segundo a agência das Nações Unidas, a percentagem de reservas de peixe em níveis sustentáveis continua em queda. Por outro lado, o peixe capturado de forma não sustentável aumentou de 10 por cento em 1974 para 33,1 por cento em 2015, com os maiores aumentos no final da década de 1970 e anos 80.

A indústria pesqueira também tem mudado, com cada vez mais pessoas a trabalhar em aquicultura. Em 1990, 83 por cento dos trabalhadores estavam no setor da pesca e apenas 17 por cento na aquicultura. Em 2016, essas percentagens eram de 63 por cento e 32 por cento, respetivamente.
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.