+ infoAcontecer
Mundo
ONU critica uso «excessivo» da força contra palestinianos
Texto F.P. | Foto Lusa | 14/06/2018 | 16:23
Resolução aprovada em Assembleia Geral condena o uso desproporcional da força por parte dos militares israelitas e apela a uma maior proteção do povo palestiniano
imagem
A Assembleia Geral das Nações Unidas aprovou esta semana uma resolução a apelar a uma maior proteção dos palestinianos e a deplorar o «uso excessivo, desproporcional e indiscriminado» da força por militares de Israel contra civis palestinianos, particularmente na Faixa de Gaza.

O documento, aprovado com 120 votos a favor, oito contra e 45 abstenções, além de condenar o uso da força excessiva, lamenta também o «uso de munições reais contra manifestantes civis - incluindo crianças, pessoal médico e jornalistas» - e manifesta preocupação «com a perda de vidas inocentes».

Na sequência desta decisão, o secretário-geral da ONU tem agora 60 dias para apresentar «propostas sobre formas e meios para garantir a segurança, a proteção e o bem-estar da população civil palestiniana sob a ocupação israelita», incluindo recomendações relativas a um mecanismo de proteção internacional.
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.