+ infoAcontecer
Mundo
Antártida continua a perder toneladas de gelo
Texto F.P. | Foto Brian | 14/06/2018 | 15:07
Quantidade de gelo perdida nos últimos anos é suficiente para fazer aumentar o nível do mar em quase oito milímetros, revela um grupo de 84 cientistas que está a acompanhar o fenómeno
imagem
A Antártida perdeu três biliões de toneladas de gelo desde 1992, o suficiente para fazer subir o nível da água do mar quase oito milímetros. Cerca de 40 por cento dos desprendimentos ocorreram nos últimos cinco anos, segundo um estudo revelado esta semana, que alerta para as consequências que o fenómeno pode vir a ter na vida de milhões de pessoas que vivem nas zonas costeiras.

«Agora dispomos de uma imagem inequívoca do que se está a passar na Antártida. Encaramos estes resultados como um novo sinal de alarme para atuar e desacelerar o aquecimento global do nosso planeta», afirmou Eric Rignot, um dos autores da pesquisa e cientista no Laboratório de Propulsão e Reação da NASA.

A Antártida perde 219 mil milhões de toneladas de gelo por ano, desde 2012, ou seja, três vezes mais do que durante as duas últimas décadas. Até agora, os cientistas tinham dificuldades para determinar se tinha ganho ou perdido massa, mas após mais de duas décadas de observação por satélite permitiram determinar exatamente a situação do continente.

De acordo com os resultados agora alcançados, verifica-se que a massa de gelo perdida nos últimos 25 anos ocorreu sobretudo na Antártida ocidental. «Enquanto continua consideravelmente incerto o equilíbrio da massa da Antártida este, fica cada vez mais claro que a perda de gelo na zona oeste se acelerou», explicou, por sua vez, a investigadora da Universidade de Bristol, Kate Hendry.
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.