+ infoAcontecer
Mundo
Cada vez mais venezuelanos pedem asilo no Brasil
Texto F.P. | Foto ACNUR / Boris Heger | 24/05/2018 | 07:02
Em sete semanas, registou-se um quinto de todos os pedidos realizados em três anos. Autoridades vão instalar um posto de triagem na fronteira para que os refugiados possam tratar dos papéis e receber assistência médica
imagem
Desde o início do mês de abril, e até esta semana, mais de 10 mil venezuelanos tentaram regularizar a sua permanência no Brasil, o que equivale a um quinto de todos os pedidos efetuados nos últimos três anos, informou a Polícia Federal, a quem cabe gerir os assuntos migratórios.

Em plena crise económica e social na Venezuela, Nicolás Maduro foi reeleito para um novo mandato de seis anos. O Brasil, como outras nações da região, não reconheceu o resultado por considerar que as eleições não cumpriram «os padrões internacionais de um processo democrático, livre, justo e transparente».

Porém, de destino pouco procurado pelos venezuelanos, o Brasil passou a ser um dos países para onde mais venezuelanos se dirigem, sobretudo por via terrestre, depois dos preços das passagens aéreas terem disparado na Venezuela, fruto da inflação que pode chegar este ano a 13.800 por cento, segundo o Fundo Monetário Internacional (FMI).

Para fazer face ao aumento de entradas na fronteira terrestre de Pacaraima, no norte do Brasil, as autoridades brasileiras vão instalar um posto de triagem na zona fronteiriça, para que os venezuelanos regularizem a sua situação ao entrar no país, sejam vacinados e recebam assistência médica, caso necessitem.
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.