+ infoAcontecer
Fátima
Escola do Santuário explica importância da recitação do rosário
Texto J.B. | Foto A.B. | 19/05/2018 | 15:50
A recitação do terço «encerra um tesouro muito grande», defende José Nuno Silva, que orientará uma ação formativa dedicada a esta prática orante
imagem

A última edição da Escola do Santuário de 2018 vai realizar-se entre os próximos dias 21 e 27 de maio, sob o tema «O rosário, itinerário evangélico de vida teologal». O bloco formativo visa recuperar a profundidade desta prática orante, partindo do relato dos três videntes, que afirmaram que Nossa Senhora intercedeu pela recitação diária do rosário.

 

«Um dos apelos fundamentais de Fátima é o apelo a rezar o rosário. Nos tempos que vivemos, este apelo também se tem de concretizar na procura do aprofundamento do sentido desta oração. Conscientes da importância que o rosário tem na vida de um cristão, vamos aprofundar o seu sentido e modos de experimentá-lo, sabendo que é uma oração que, na sua simplicidade, encerra um tesouro muito grande», realça José Nuno Silva, sacerdote e responsável pela pastoral da Mensagem de Fátima, que dinamiza a Escola do Santuário.

 

Ao longo desta semana, os participantes vão tomar conhecimento sobre a história e prática desta oração, a sua importância na espiritualidade cristã, visualizar um filme e visitar o Calvário Húngaro. As várias dinâmicas visam desencadear uma reflexão sobre o sentido do rosário e a sua importância na Mensagem de Fátima. A finalidade passa por contribuir para que cada participante possa experimentar o valor desta oração na sua vida pessoal e comunitária.

 

«Em Fátima, é também fundamental a compreensão da vida diária cristã como uma experiência teologal, e o rosário é um modo de oração que ajuda muito à experiência da própria existência, como uma vida em Deus, com exemplo acabado na vida dos pastorinhos. Toda a sua vida, a partir das aparições, é uma vida em Deus, dentro da qual está a oração do rosário, que, ao propor a meditação dos mistérios da vida de Cristo, vai cristificando a própria vida, progressivamente», explicou José Nuno Silva, em declarações ao serviços de comunicação do Santuário de Fátima.

 

Além do sacerdote, a formação será orientada por Ângela Coelho, ex-postuladora da Causa de Canonização de Francisco e Jacinta Marto, Pedro Valinho Gomes, teólogo, e André Pereira, assessor da reitoria do Santuário de Fátima. Os blocos formativos da Escola do Santuário reuniram mais de 250 participantes. Para o último deste ano, estão inscritas 35 pessoas.

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.