+ infoAcontecer
Fátima
Peregrinação internacional aniversária
Fervor missionário torna-se testemunho no mundo
Texto F.P. | Foto Santuário de Fátima | 13/05/2018 | 11:12
Bispo emérito de Hong Kong confessa que a sua vocação sacerdotal foi despertada pelo espírito missionário e caritativo dos missionários estrangeiros com quem se cruzou em Cantão, após a II Guerra Mundial
imagem
O bispo emérito de Hong Kong, cardeal John Tong, apelou este domingo, 13 de maio, no Santuário de Fátima, ao espírito missionário da comunidade católica, através do testemunho e da promoção humana, recordando que foi precisamente o exemplo dos missionários estrangeiros que despertaram a sua vocação sacerdotal e a posterior entrada no seminário. 

«Jesus, com o seu Espírito, forma em nós uma nova humanidade. Ele próprio nos impele na procura da liberdade, da dignidade, da justiça, da responsabilidade, ou melhor, fortalece o nosso próprio desejo de construir um mundo mais justo e mais unido. Deste modo, a nossa comunidade de crentes, consciente de ter recebido um mandato divino, pleno de fervor missionário e de alegria pascal, torna-se no mundo testemunha da nova realidade da vida realizada em Cristo», afirmou o purpurado na homilia da Missa da primeira grande peregrinação internacional aniversária do ano, lida pelo reitor do santuário, padre Carlos Cabecinhas. 

Segundo John Tong, foi este fervor missionário, transmitido pelos missionários estrangeiros, que fizeram despertar a sua vocação sacerdotal: «Recordo pessoalmente o impacto que teve em mim o exemplo dos serviços caritativos dos missionários estrangeiros, quando em criança vivia em Cantão logo depois do final da II Guerra Mundial. O seu espírito missionário e caritativo suscitou em mim o desejo de os imitar: fizeram nascer em mim a vocação sacerdotal e decidi entrar para o seminário em Macau, pouco antes da minha família se refugiar Hong Kong». 

Perante uma assembleia de cerca de 300 mil pessoas, o cardeal lembrou que é precisamente a partir da Eucaristia, e da mensagem deixada pela Nossa Senhora de Fátima, que os fiéis devem levar o testemunho de Cristo para o seu quotidiano. «Com o nosso modo de viver e o nosso exemplo devemos fazer com que Cristo seja visível hoje na nossa sociedade. Como a Virgem Maria, devemos acolher o Espírito Santo e deixá-Lo agir em nós: ajudar-nos-á, assim, a levar Critso ao mundo e o mundo a Cristo. Tornar-nos-á abertos e atentos às necessidades dos outros e a partilharmos o tesouro e a alegria da nossa fé».
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.