+ infoAcontecer
Mundo
Papa apela à oração por uma economia inclusiva
Texto F.P. | Foto Lusa | 06/04/2018 | 12:10
Francisco gravou uma mensagem em vídeo onde reitera que os agentes económicos não podem pensar apenas em aumentar a rentabilidade. Devem preocupar-se também com as pessoas e com a criação de trabalho digno
imagem
O Papa Francisco divulgou esta sexta-feira, 6 de abril, a sua proposta de oração para este mês, onde pede aos fiéis que rezem para que os responsáveis pela gestão da economia tenham a coragem de abrir novos caminhos e rejeitem uma economia que conduza à exclusão.

Na mensagem em vídeo que acompanha a intenção enviada à Rede Mundial de Oração, o Santo Padre reitera o que escreveu na exortação apostólica «Evangelii Guadium», quando alertou que a economia não pode pretender apenas aumentar a rentabilidade, reduzindo o mercado de trabalho e criando novos excluídos.

«Vamos juntos levantar a voz para que os responsáveis pelo planeamento e pela gestão da economia tenham a coragem de rejeitar uma economia de exclusão e saibam abrir novos caminhos», afirmou o Papa, apontando como exemplo a seguir os empresários, políticos, pensadores e agentes sociais que colocam em primeiro lugar a pessoa e fazem os possíveis para assegurar oportunidades de um trabalho digno.
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.