+ infoAcontecer
Mundo
Um missionário centenário no ativo
Texto Albino Brás | Foto Gabriela Queiroz | 31/01/2018 | 15:04
O padre Orestes Ghibaudo, missionário da Consolata, completou 100 anos. É, no momento atual, o sacerdote mais velho dos 982 missionários da Consolata espalhados pelo mundo
imagem
De origem italiana, mas de coração brasileiro, o padre Orestes nasceu a 31 de janeiro de 1918, na cidade de Turim, Itália. Foi ordenado sacerdote a 31 de maio de 1947. Chegou ao Brasil em 1951. Iniciou o seu apostolado missionário na cidade de Boa Vista, em Roraima, onde participou na fundação da Escola Euclides da Cunha.

Três anos depois, foi transferido para o estado do Rio Grande do Sul, onde foi diretor do Ginásio Pio XII, que estava sob a responsabilidade do Instituto Missionário da Consolata (IMC). Em 1986, foi transferido para Brasília, com sede na paróquia Nossa Senhora da Consolata. Ali trabalhou na área educativa (Colégio Paulo VI, pertencente ao IMC, e depois no Colégio JK) e pastoral juvenil.

Nesta paróquia da capital do Brasil, foi pároco durante 11 anos e ali permanece ainda hoje como vigário paroquial. É também diretor espiritual do Movimento Segue-me de Brasília, que ajudou a fundar. A paróquia Nossa Senhora da Consolata, em Brasília, preparou uma grande festa, em forma de homenagem.
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.