+ infoAcontecer
Mundo
Pedida investigação ao acolhimento de menores em Espanha
Texto F.P. | Foto Lusa | 11/01/2018 | 07:02
Morte de dois jovens que estavam sob a tutela da administração pública, na cidade de Melilla, levou organização a pedir um inquérito rigoroso ao sistema de acolhimento de menores estrangeiros em Espanha
imagem
A organização não governamental Save the Children solicitou às autoridades espanholas que investiguem o sistema de acolhimento de menores estrangeiros não acompanhados em Espanha, na sequência da morte de dois jovens que estavam sob a tutela da administração pública na cidade autónoma de Melilla.

Segundo a organização, um jovem de 17 anos foi encontrado sem vida no início do mês no centro de menores «Gota de Leche» e, em finais de dezembro do ano passado, um outro adolescente marroquino morreu em circunstâncias que estão por apurar no centro «El Baluarte».

«Para além dos factos que referimos, o modelo de proteção de menores estrangeiros não acompanhados é manifestamente insuficiente e já originou outras situações de vulnerabilidade para estes meninos e meninas», sublinhou a diretora de Sensibilização e Políticas de Infância da Save the Children, Ana Sastre.

No entender dos dirigentes da organização, a morte destes dois jovens migrantes é «uma prova mais das deficiências do sistema de acolhimento de menores não acompanhados espanhol, que já foi objeto de numerosas recomendações por parte das autoridades judiciais».

Tendo em conta as limitações territoriais das cidade autónomas, onde escasseiam as oportunidades de inclusão, há menores que preferem passar por adultos para assim chegarem à península e continuarem o seu processo migratório, e outros que optam por dormir nas ruas, fora dos sistemas de proteção.
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.