+ infoAcontecer
Mundo
Forças da ONU com falta de pessoal
Texto F.P. | Foto Michael Behlin | 14/11/2017 | 12:10
Missões de manutenção de paz carecem de militares e de mais apoio ao nível do pessoal médico, medicamentos e equipamentos, segundo o subsecretário-geral para apoio no terreno das forças da ONU
imagem
«Cerca de 10 por cento dos hospitais militares têm algum tipo de insuficiências, seja de médicos, medicamentos ou equipamentos, e as forças em missão necessitam de 580 militares», alertou o subsecretário-geral para apoio no terreno às forças de manutenção de paz da ONU, Atul Khare, em antecipação à conferência que se inicia esta terça-feira, 14 de novembro, no Canadá, para avaliar o desempenho dos capacetes azuis.

No encontro, em que participam representantes de cerca de 80 países, Khare espera que não se façam apenas promessas de contribuições, mas também propostas por parte dos países doadores, como por exemplo, a criação de contingentes em comum. «E também precisamos fazer muito mais no caso de má conduta, indisciplina, exploração ou abuso sexual», por parte de militares das missões de paz, sublinhou o responsável.

Até agora, 77 países já assinaram o Pacto Voluntário para prevenir e lutar contra este tipo de abusos. E o Canadá ofereceu 200 mil euros para um fundo de assistência às vítimas. A ONU tem um orçamento anual de seis mil milhões de euros para manter as 35 operações de manutenção de paz e outras operações no terreno.
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.