+ infoAcontecer
Mundo
Encontro internacional das Escolas de Perdão e Reconciliação
Texto AB | 10/10/2017 | 10:27
A cada três anos, a Fundação para a Reconciliação reúne voluntários da Rede ESPERE com o objetivo de fortalecer os laços da rede e partilhar as experiências de cada país, a partir dos diferentes contextos
imagem
Santo Domingo, capital da República Dominicana, acolhe o V Encontro Internacional ESPERE. Este evento vai decorrer entre os dias 12 a 15 de outubro de 2017 e conta com a participação de 250 voluntários, oriundos dos 19 países que integram a Rede Internacional das Escolas de Perdão e Reconciliação (ES.PE.RE). A maioria são da América Latina, mas esperam-se participantes do Uganda (África) e de Portugal - primeiro país europeu a acolher este projeto internacional que advoga pela construção de uma cultura de paz, inspirada na prática do perdão e reconciliação.

O Encontro vai ter lugar na Casa Arquidiocesana Maria de la Altagracia, e conta com a presença de convidados internacionais especialistas nos temas que constam no programa do evento, ajudando os participantes a refletir a partir do tema geral: «Desativando a Violência. Promovendo Inteligências Coletivas para a Paz ».

‘Esperistas’ portugueses

A Fundação para a Reconciliação da Colômbia, uma organização sem fins lucrativos que projeta e implementa propostas para uma cultura política de perdão e reconciliação para facilitar a resolução pacífica de conflitos, prevenção e superação de violência e construção de uma paz sustentável, juntamente com a Fundação Scala e o Centro Bellarmino de Santiago, República Dominicana, são os organizadores e anfitriões do evento.

A cada três anos, a Fundação para a Reconciliação reúne voluntários da Rede ESPERE com o objetivo de fortalecer os laços da rede e partilhar as experiências de cada país, a partir dos diferentes contextos. Este ano, os especialistas convidados são: Leonel Narváez, diretor da Fundação para a Reconciliação da Colômbia; Robin Casarjian, diretor da Fundação Lionheart; Elías López, da Universidade de Comillas, Miguel Isla, Coach-Advisor Internacional e Eduardo Garza, Coach-Advisor Internacional, do México e Vanessa Espaillat, especialista em terapia familiar na República Dominicana. De Portugal irão participar neste V Encontro Internacional cinco facilitadores ESPERE - o Coordenador Nacional das ESPERE, e quatro formadores, em representação dos dois núcleos: Lisboa e Porto.

As ESPERE em Portugal

As ESPERE foram fundadas em 2003, em Bogotá, Colômbia, pelo missionário da Consolata, padre Leonel Narvaez. Em Portugal, começaram a dar os primeiros passos em 2013, por iniciativa do padre Albino Brás, do mesmo instituto religioso e atual responsável pelo projeto no país.

Atualmente, as ESPERE estão organizadas em dois núcleos, ou equipas de trabalho (região de Lisboa e região do Porto). Até ao momento realizaram-se seis cursos: um no Cacém, dois em Lisboa, um no Algueirão e dois no Porto. Os próximos cursos estão marcados para novembro deste ano, em Lisboa e no Barreiro.
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.