+ infoAcontecer
Fátima
JubiJovem
Jovens rezam pela paz no Santuário de Fátima
Texto F.P. | 09/09/2017 | 19:35
Atraídos pela “experiência de fé” e pela presença dos músicos António Zambujo e Miguel Araújo, mais de 3.000 jovens das diversas dioceses do país estão reunidos em Fátima, para uma jornada de oração pela paz, troca de experiências e renovação espiritual
imagem
«Aqui não sois convidados, sois residentes desta casa. Faz-vos bem virem todos juntos e encontrarem outros e outras que se alimentam da mesma fé, que só tem beleza e sabor se for partilhada», afirmou o vice-reitor do santuário, padre Vítor Coutinho, este sábado, 9 de setembro, na celebração de abertura do Jubileu Jovem, na Capelinha das Aparições. 

Segundo Carlos Cabecinhas, reitor do templo mariano, o «JubJovem» foi idealizado para celebrar o Centenário das Aparições e desafiar os mais novos a apoiarem-se «no silêncio e na oração» para revelarem o seu «inconformismo» perante a «falta de horizontes de vida». 

Para ajudar a esta reflexão e tornar o encontro mais animado, António Zambujo e Miguel Araújo foram convidados a subir ao palco, junto ao Centro Pastoral Paulo VI, não só para interpretarem os seus êxitos mais conhecidos, mas sobretudo «para conversar» e interagir com os jovens, anteciparam os músicos, em conferência de imprensa antes do concerto. «A música também é uma forma de oração e a nossa participação neste projeto está a ser muito positiva», realçou Miguel Araújo. 

«Espero ir daqui de alma lavada e coração cheio», confessou, por sua vez, Helena Santos, 30 anos, que viajou integrada num grupo de Moimenta, concelho de Cinfães, «para carregar baterias para o próximo ano litúrgico», encontrar «a chama» de que precisa para a vida e conviver com outros jovens que partilham dos mesmos ideais. Uma opinião partilhada por Diogo Lima, 21 anos, oriundo de Beja, que encontra sempre «uma paz diferente» e retemperadora em Fátima. 

O encontro termina amanhã, com a celebração de uma missa, presidida pelo bispo de Leiria-Fátima, no recinto do santuário.
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.