+ infoAcontecer
Fátima
Centenário das Aparições
Papa vai oferecer terceira Rosa de Ouro a Fátima
Texto F.P. | Foto SNSRF | 10/05/2017 | 18:00
Francisco vai depositar mais uma Rosa de Ouro aos pés da imagem de Nossa Senhora de Fátima, uma peça atribuída em sinal de reconhecimento pelo espírito de lealdade para com a Santa Sé
imagem
O Papa Francisco irá oferecer uma Rosa de Ouro ao Santuário de Fátima, no próximo dia 12 de maio, como sinal de reconhecimento pelo espírito de lealdade para com a Santa Sé, o que coloca o templo mariano no topo da lista de locais de culto com mais ornamentos preciosos do género, fora de Roma. A intenção do Pontífice foi dada a conhecer esta quarta-feira, 10 de maio, numa videomensagem que gravou para o povo português.

«Preciso que estejam comigo, preciso da vossa união, física ou espiritual. O importante é que seja de coração, para o meu bouquet de flores, a minha rosa de ouro, formando nós um só coração e uma só alma. Entregar-vos-ei a todos a Nossa Senhora, pedindo-lhe para segredar a cada um: `o meu imaculado coração será o teu refúgio, é o caminho que te conduzirá até Deus´», afirma o Papa na sua mensagem.

No vídeo, Francisco começa por se dirigir ao «querido povo português», dizer que está feliz com a expectativa do encontro na «casa da mãe» e pedir desculpa por não estar mais tempo em Portugal, para visitar outros pontos do país. «Bem sei que me querias também nas vossas casas e comunidades, nas vossas aldeias e cidades. O convite chegou-me. Escusado será dizer que gostaria de o aceitar, mas não me é possível. Desde já agradeço a compreensão com que as diversas autoridades acolheram a minha decisão de circunscrever a visita aos momentos e atos próprios da peregrinação no Santuário de Fátima, marcando encontro com todos, aos pés da Virgem Mãe».

Por fim, faz alusão ao lema da sua peregrinação - «Com Maria, na esperança e na paz» -, para realçar que se trata, acima de tudo, de «um programa de conversão». «Agradeço a vós as orações e sacrifícios que diariamente ofereceis por mim e de que muito preciso, pois sou um pecador entre pecadores. Um homem de lábios impuros, que habita no meio de um povo de lábios impuros. A oração ilumina os meus olhos, para saber olhar os outros como Deus os vê, para amar os outros como ele os ama. Em seu nome, venho até vós na alegria de partilhar o Evangelho da esperança e da paz».

A Basílica de São Pedro, em Roma, é a que tem mais rosas de ouro (cinco), seguida da Arquibasílica de São João de Latrão (quatro), também na capital italiana. Com esta oferta do Papa Francisco, o Santuário de Fátima passa a ter três destas peças. A primeira foi oferecida pelo Papa Paulo XVI, em 1965, e a segunda pelo Papa Bento XVI, em 2010.
notícias relacionadas
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.