+ infoAcontecer
Portugal
Timor-Leste distingue professora de Coimbra
Texto Juliana Batista | 20/04/2017 | 16:38
«Ordem de Timor-Leste» reconhece a contribuição de Teresa Cunha para a autodeterminação do povo timorense

Uma investigadora do Centro de Estudos Sociais (CES) da Universidade de Coimbra, Teresa Cunha, vai ser condecorada por Timor-Leste com a «Ordem de Timor-Leste», uma distinção que reconhece o contributo desta profissional na luta pela autodeterminação do povo timorense.

 

A distinção será entregue à investigadora pelo Presidente da República de Timor-Leste, Taur Matan Ruak, durante uma cerimónia pública que terá lugar em Díli, capital do país asiático, no próximo dia 17 de maio.

 

Teresa Cunha vive em Coimbra, é doutorada em Sociologia, docente na Escola Superior de Educação de Coimbra, formadora sénior dos Centros Europeus de Juventude do Conselho da Europa e presidente da organização não governamental para o desenvolvimento «Ação para a Justiça e Paz».

 

A investigadora publicou livros com os títulos «Ensaios pela Democracia. Justiça, dignidade e bem-viver», «Vozes das Mulheres de Timor», «Timor-Leste: Crónica da Observação da Coragem», «Feto Timor Nain Hitu – Sete Mulheres de Timor», entre outros. Publicou ainda artigos em revistas científicas e capítulos de livros em vários países, apontam os serviços de comunicação do CES.

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.