+ infoAcontecer
Mundo
Nações Unidas
Salvar esta geração de crianças refugiadas
Texto Miguel Marujo | Foto Lusa | 20/03/2017 | 07:02
A União Europeia e a UNICEF lançaram um projeto de transferência de dinheiro em numerário em larga escala para fazer aumentar o número de crianças refugiadas que frequentam as escolas turcas. Para prevenir «uma geração perdida»
imagem
«A educação em situações de emergência é uma das principais prioridades da União Europeia (UE). O nosso dever moral é salvar esta geração de crianças refugiadas e investir no seu futuro», afirmou Christos Stylianides, comissário europeu para a Ajuda Humanitária e Gestão de Crises, num comunicado conjunto sobre a maior contribuição humanitária da UE, avaliada em 34 milhões de euros, para o projeto de Transferência Monetária Condicional para Educação (CCTE, na sigla inglesa). 

«Graças à generosidade da UE e à liderança da Turquia, a UNICEF e os nossos parceiros já estão a ajudar milhares de crianças a irem à escola e a aprenderem. O CCTE vai ajudar-nos a alcançar 230 mil crianças — um passo importante na prevenção de uma geração perdida», disse o diretor executivo da UNICEF, Anthony Lake. 

A Turquia acolhe atualmente mais de três milhões de refugiados, dos quais quase metade são crianças. Destas, meio milhão já está matriculada na escola. No entanto, estima-se que mais de 370 mil crianças permaneçam fora da escola.
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.