+ infoAcontecer
A Missão Conta
Moçambique
Sacerdote diocesano reforça equipa de missionários
Texto Diamantino Antunes | Foto Diamantino Antunes | 07/03/2017 | 10:25
Presbítero foi enviado pela arquidiocese de Bucaramanga (Colômbia) por um período de três anos, ao abrigo de um acordo com o Instituto Missionário da Consolata
imagem
O padre colombiano José Duarte Amorocho, de 38 anos, fascinado pelo carisma missionário, realizou o seu sonho de partir para as missões em África. Depois de alguns meses no Brasil para o estudo da língua portuguesa, chegou a Maputo no passado dia 20 de Dezembro. Viveu as primeiros semanas no Centro de Espiritualidade e Missão de Laulane, na periferia da capital. Foi o tempo necessário para a introdução e inserção na realidade sócio-pastoral moçambicana.

Em finais de Fevereiro, viajou para o norte de Moçambique, para o Niassa, onde já está a trabalhar com uma equipa de missionários e missionárias da Consolata, na Missão de Maúa, na diocese de Lichinga.

A arquidiocese de Bucaramanga (Colômbia) enviou para Moçambique este sacerdote diocesano para trabalhar por um período de três anos. À luz de um acordo entre o bispo de Bucaramanga, Ismael Rueda Sierra, e o Instituto Missionário da Consolata (IMC), o padre, ordenado em 2005, agrega-se ao IMC como missionário «ad gentes» em Moçambique.
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.