Acontecer
Lisboa
Reflexão sobre dinâmicas das casas de abrigo
Texto Juliana Batista | Foto APAV | 17/01/2017 | 08:39
Os dez anos de funcionamento de uma casa abrigo para vítimas de violência doméstica motiva a realização de um seminário para encontrar formas de melhorar estes espaços
imagem

Para assinalar os dez anos da «Casa de Abrigo Alcipe», os responsáveis da Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV) vão dinamizar o seminário «Práticas e reflexões para o futuro no acolhimento de vítimas de violência doméstica», no próximo dia 29 de março, entre as 09h30 e as 17h00, no Auditório Camões, em Lisboa.

Para os responsáveis pelo projeto, importa agora refletir sobre a forma como a APAV e restantes instituições «olham para o presente e o futuro no acolhimento a vítimas de violência doméstica», após terem passado pela «Casa de Abrigo Alcipe 127 mulheres e 205 crianças».

Nesse sentido, o seminário será uma ocasião para pensar «de que forma se poderá promover nas casas de abrigo o empreendedorismo e a criação do próprio emprego», «que estratégias de intervenção poderão ser criadas» com crianças e jovens, e «que problemas enfrentam e que soluções desenvolvem» os profissionais que trabalham nestes espaços.

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.