+ infoAcontecer
Portugal
Migrações
Criada rede nacional de apoio aos refugiados
Texto Francisco Pedro | Foto Lusa | 25/07/2016 | 16:09
Novo organismo tem como objetivo definir uma política migratória mais adequada às dinâmicas e necessidades atuais. Serviço será tutelado pelo Alto Comissariado para as Migrações
imagem
Uma portaria publicada esta segunda-feira, 25 de julho, no Diário da República, oficializou a criação de uma rede nacional de apoio à integração de imigrantes, que tem como missão responder aos atuais desafios que se colocam a Portugal na área das migrações. O novo serviço resulta de uma adaptação da antiga Rede Nacional de Apoio ao Imigrante.

Segundo o documento legal, citado pela agência Lusa, esta rede tem como objetivo desenvolver «uma política migratória moderna e integrada, mais adequada às dinâmicas migratórias contemporâneas e às necessidades atuais», que permita apoiar «o processo, complexo e exigente, de acolhimento, reinstalação, relocalização e integração dos refugiados».

O serviço funcionará com base nos centros nacionais - que contam com a representação de diversas instituições, para dar uma resposta integrada no processo de acolhimento e integração; e com os centros locais, onde existirão espaços de acolhimento, informação e apoio descentralizado.
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.