+ infoAcontecer
Mundo
Suíça
Reunião de emergência tenta salvar cessar-fogo na Síria
Texto F.P. | Foto Ralph Alswang | 02/05/2016 | 10:21
Acordo para colocar um ponto final nos combates está longe de ser cumprido. Confrontos nos últimos dias na região de Aleppo já provocaram mais de 250 vítimas mortais
imagem
O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, está esta segunda-feira, 2 de maio, em Genebra, na Suíça, para participar numa reunião de emergência que visa encontrar uma solução para o reatar do cessar-fogo na Síria, acordado em fevereiro, mas que até agora ainda não foi alcançado na totalidade.

«Continuamos até agora em discussões diretas com os russos à espera de avanços. Mas a resolução do Conselho de Segurança preconiza uma trégua em todo o país, assim como o acesso de ajuda humanitária, o que não aconteceu nem está a acontecer», afirmou o governante à chegada à cidade helvética.

Nos últimos dias, os bombardeamentos por parte do regime de Bashar al-Assad e dos rebeldes provocaram mais de 250 mortos na região de Aleppo. Os confrontos fizeram com que a oposição síria abandonasse a terceira ronda de negociações, a semana passada, em Genebra.

As autoridades russas acusam dois grupos armados - o Ahrar al-Cham e Jaïch al-Islam – de violarem a trégua em Aleppo, declarando estes movimentos como organizações terroristas, apesar de também participarem nas discussões em Genebra, ao lado da oposição síria.
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.