+ infoAcontecer
Mundo
ONU
Energia limpa é a chave para combater a pobreza
Texto Francisco Pedro | 18/01/2016 | 17:35
Secretário-geral das Nações Unidas afirma que este «é o momento de ação» para garantir o acesso à energia moderna e sustentável, e, ao mesmo tempo, erradicar a pobreza e combater as alterações climáticas
O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, apelou esta segunda-feira, 18 de janeiro, aos governos, setor privado, organizações nacionais e internacionais, que comecem a trabalhar rapidamente na implementação dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, por forma a garantirem o acesso confiável e de baixo custo à energia moderna e sustentável para todos. Este «é o momento de ação», afirmou o responsável em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, na Conferência Mundial de Energia Futura.

Para Ki-moon, se as metas forem atingidas, isso pode ter um impacto enorme nas mudanças climáticas, ao reduzir as emissões de gases que causam o efeito estufa, e salvar indiretamente mais de 4 milhões de vidas por ano. Ao mesmo tempo, pode melhorar-se a saúde pública e salvaguardar o crescimento económico, pois para o mundo conseguir manter o aumento da temperatura global abaixo dos dois graus centígrados é preciso acelerar urgentemente o uso de fontes de energia sustentável.

«Esta é a primeira geração com chance de acabar com a pobreza e a última geração com chance de combater a mudança climática», afirmou o líder da ONU, deixando claro que a «energia limpa» é a chave para a resolução destes dois problemas. Segundo Ban Ki-moon, se os objetivos traçados forem alcançados antes de 2030, será ainda possível melhorar as oportunidades da comunidade internacional de atingir também os objetivos em relação à segurança, cuidados de saúde, educação e emprego.
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.