+ infoAcontecer
Fátima
Consolata Museu | Arte Sacra e Etnologia
«Mães coragem» da Guiné-Bissau homenageadas em exposição
Texto Juliana Batista | Foto FM | 25/10/2015 | 11:24
Mostra de fotografia alerta para o sacrifício de bebés que continua a verificar-se na Guiné-Bissau e presta tributo às muitas mães que têm a coragem de salvar os seus filhos, contrariando as crenças e tradições tribais
imagem
Uma exposição de fotografia destinada a homenagear as «mães coragem» da Guiné-Bissau e alertar para o problema do infanticídio que continua a verificar-se naquele país africano, por causa das crenças e tradições, vai estar patente no Consolata Museu | Arte Sacra e Etnologia, em Fátima, a partir da próxima terça-feira, 27 de outubro.

Da autoria do jornalista Francisco Pedro, a mostra resulta de uma viagem que fez à Guiné-Bissau, em 2014, onde conheceu a Casa Bambaran, «um centro de acolhimento de crianças órfãs, portadoras de deficiência e rejeitadas pelo estigma das tradições», refere o diretor do museu, Gonçalo Cardoso.

«O que se pretende é chamar a atenção para o problema das crianças que continuam a ser eliminadas na Guiné-Bissau, apenas porque nascem gémeas, deficientes, ou simplesmente porque os pais as acham feias de mais, e homenagear as mães que têm a coragem de salvar os seus filhos, contrariando as tradições tribais e os hábitos comunitários», explicou o jornalista à FÁTIMA MISSIONÁRIA.

Segundo o repórter, «através do olhar feliz» das crianças retratadas, esta exposição procura também enaltecer «o trabalho fantástico» que está a ser feito em Bissau pela Cáritas, diocese e religiosas da comunidade de Santa Mariana de Jesus, ao acolherem muitas das crianças rejeitadas na Casa Bambaran. E o esforço das irmãs missionárias da Consolata, através das ações de sensibilização junto das comunidades rurais, um pouco por todo o país.

A exposição, composta por 24 fotografias e uma instalação, está patente até 3 de janeiro de 2016 e pode ser visitada, de terça a domingo, entre as 10h00 as 19h00, até final deste mês. A partir de novembro, o horário de abertura é o mesmo, mas o encerramento é às 17h00.
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.