+ infoAcontecer
Fátima
Curso de Missiologia está a decorrer em Fátima
«O céu é possível na terra»
Texto Juliana Batista | Foto FM | 28/08/2014 | 07:05
Perante uma audiência composta por pessoas de 11 nacionalidades, Isabel Varanda, docente da Universidade Católica Portuguesa, afirmou que o céu e o bem são possíveis na terra
imagem

As nacionalidades dos participantes do Curso de Missiologia deixaram Isabel Varanda, da Universidade Católica Portuguesa de Braga surpreendida. «Não tinha imaginado que era tanta a diversidade dos países aqui representados. São 11 países. É extraordinário. Temos aqui o mundo todo», disse a professora universitária. Camarões, República Centro-Africana, Timor-Leste, Zâmbia, Índia, Cabo Verde, Moçambique, Brasil e Portugal são alguns dos países de origem dos vários cursistas.

 

«Neste momento, aqui, é absolutamente fácil ser cristão, ser boa gente e viver o céu. Nós estamos no céu neste momento. Mas isso é facílimo. Não fazemos esforço. Sai naturalmente. Qual é a lição que tiramos daqui? A minha primeira lição é: o céu é possível na terra. É possível. É a lição que vós me dais hoje, neste momento», disse a docente na última quarta-feira, 27 de agosto, no Seminário da Consolata, em Fátima.

 

Dirigindo-se aos presentes, Isabel Varanda explicou em que consiste o «céu» a que se referia. «Quando falo de céu estou a falar da paz, da harmonia, do bem-estar no mundo. Nem uso sequer a palavra felicidade. Falo do bem-estar. Estamos bem, não estamos? Estamos no céu. Vós hoje, comigo também, mostrais-me, e levamos essa lição: o céu é possível, o bem é possível», afirmou.

 

A professora da Universidade Católica Portuguesa é uma das formadoras do Curso Missiologia que está a decorrer até sábado, 30. «A Evangelização Apostólica ‘A alegria do Evangelho’» foi o tema da intervenção da docente, que admitiu ser cristã «com muito orgulho» e explicou aos formandos os motivos da sua crença. «Todas as religiões do mundo têm algo de muito bom e importante, mas o cristianismo é a única que cuida da pessoa, do indivíduo. Cada um», destacou.

 

«Esta dimensão pessoal do cristianismo é extraordinária», frisou Isabel Varanda, acrescentando que o cristianismo diz a cada ser humano «‘Tu vales’, ‘Tu és importante’ e ajuda cada um a reconhecer-se como único». «Devo confessar-vos que este é um dos aspetos que mais me toca no cristianismo e que mais alimenta a minha fé. É esta dimensão pessoal. Claro que a dimensão comunitária é muito importante. Mas eu diria que vem depois. Agora: não há verdadeira comunidade sem esta intimidade, esta descoberta de nos sentirmos amados», disse a docente aos cursistas.

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.