+ infoAcontecer
Mundo
Nações Unidas
Menos casos de cólera no Haiti
Texto Miguel Marujo | Foto Lusa | 03/05/2014 | 07:14
Registaram-se ganhos significativos na luta contra a epidemia de cólera no Haiti no final da estação seca. Nações Unidas apoiam a estratégia abrangente do Governo de monitorização, resposta rápida e planeamento de soluções de longo prazo
imagem

«Desde o início da estação seca, registámos o menor número de casos e de mortes desde que começou a epidemia: há uma redução de 75 por cento dos casos no primeiro trimestre deste ano em relação ao mesmo período do ano passado», contabilizou Peter de Clercq, representante especial adjunto do secretário-geral da ONU no Haiti, citado pelo Centro de Notícias das Nações Unidas.

 

«Esta é uma notícia muito boa e reflete os nossos esforços que temos trabalhado até agora», afirmou De Clercq. «É claro que todos os casos de cólera são sempre demais. Cada pessoa que morre de cólera é sempre demais e inaceitável e obriga-nos a trabalhar ainda mais para combater a doença», acrescentou.

 

Como a doença se retrai para locais limitados durante a estação seca, há uma janela de oportunidade para a ONU e os seus parceiros em atingir as áreas de maior risco, com vigilância, análise e resposta rápida para ações de tratamento e saneamento básico – um trabalho que continua por todo o ano em locais com maiores preocupações.

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.