+ infoAcontecer
Portugal
Exposição
Tenda de refugiados montada em Lisboa
Texto Juliana Batista | Foto Lusa | 29/01/2014 | 16:17
Está exposta uma tenda original do ACNUR no jardim da Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, na qual são apresentadas algumas das dificuldades com que os refugiados se debatem todos os dias
imagem

A exposição «Uma Vida Melhor para os Refugiados» está presente nos jardins da Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa. A entrada na exposição é gratuita e os interessados podem visitá-la até ao próximo dia 12 de fevereiro.

A mostra apela a uma reflexão sobre os mais de dez milhões de deslocados que existem no mundo e alerta para alguns dos principais problemas destes campos, que albergam milhares de famílias.

Uma das problemáticas mais preocupantes nestes espaços é a falta de iluminação, pelos perigos que representa e pelas suas consequências na qualidade de vida das pessoas. Sem luz, por exemplo, as crianças não podem fazer os trabalhos de casa ou estudar à noite.

Para que os visitantes tenham noção da importância da iluminação, vão poder conhecer uma tenda original do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), igual às que, habitualmente, albergam as famílias nos campos de refugiados.

Em 2013, mais de dois milhões de pessoas tornaram-se refugiadas. Um número recorde nos últimos vinte anos, de acordo com o ACNUR. Atualmente, existem cerca de 10,5 milhões de refugiados no mundo. Metade dos quais são crianças.

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.