+ infoAcontecer
Mundo
Alimentação e Agricultura
“Acabar com a fome é uma meta possível”
Texto Miguel Marujo | Foto Lusa | 20/04/2012 | 09:00
Não se pode falar em desenvolvimento sustentável se se deixar quase uma em cada sete pessoas para trás, vítimas de desnutrição, alertam responsáveis
imagem
O mundo deve enfrentar o desafio urgente de acabar com a fome, se quer garantir um modelo de desenvolvimento que seja sustentável a longo prazo, defendeu esta quinta-feira o responsável da Organização para a Alimentação e Agricultura (FAO).


“Não podemos falar em desenvolvimento sustentável se estamos a deixar quase uma em cada sete pessoas para trás, vítimas de desnutrição”, apontou o diretor-geral da FAO, José Graziano da Silva, aos participantes na conferência da FAO da Europa e Ásia Central, que se iniciou em Baku, Azerbaijão. “Estou convencido que acabar com a fome é uma meta possível, com um compromisso político verdadeiro. A FAO está comprometida com este esforço.”


A conferência reúne ministros e responsáveis dos países da Europa e da Ásia Central para discutir a segurança alimentar, agricultura, pescas e as questões florestais. Na reunião também se irá decidir sobre o programa da FAO, organismo das Nações Unidas para a agricultura e alimentação, para o seu trabalho futuro na região.

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.