+ infoAcontecer
Mundo
Resolução
Crise ameaça direitos humanos
Texto Miguel Marujo | Foto Lusa | 24/02/2009 | 09:00
É necessário criar um sistema internacional justo, transparente e democrático para ampliar o desenvolvimento das nações e a sua participação nas decisões económicas
imagem

O Conselho das Nações Unidas para os Direitos Humanos aprovou esta segunda-feira uma resolução que destaca a ameaça representada pela crise financeira e económica mundial no respeito pelos direitos humanos e na realização dos objectivos do desenvolvimento.
Esta resolução – aprovada por 31 votos a favor e 14 abstenções – sublinha a necessidade de criar um sistema internacional justo, transparente e democrático para ampliar o desenvolvimento das nações e a sua participação nas decisões sobre a economia.
Os 47 Estados-membros deste Conselho, na sua 10ª sessão especial, também manifestaram sérias preocupações de que a dupla crise possa comprometer os progressos alcançados com a realização dos Objectivos de Desenvolvimento do Milénio (ODM), oito ambiciosas metas de luta contra a pobreza definidas pelas Nações Unidas até ao ano de 2015.

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.