+ infoAcontecer
Mundo
Somália
Mortos 11 soldados em missão de paz
Texto Miguel Marujo | 24/02/2009 | 08:12
Militares burundianos em missão de paz no país morrem em ataque que chocou as Nações Unidas

O alto representante das Nações Unidas na Somália disse esta segunda-feira que estava chocado com o ataque contra soldados da missão de paz da União Africana, conhecida como Amisom, na capital do país, e que custou a vida a 11 soldados burundianos.
Ahmedou Ould-Abdallah, representante especial do secretário-geral da ONU, classificou o incidente como “antipatriótico” e expressou o seu choque ao ouvir a notícia do assassinato daqueles que estavam a tentar levar a paz a este país do Corno de África.
As mortes dos soldados em missão de paz na Somália ocorreram um dia depois do Parlamento ter aprovado o novo gabinete do primeiro-ministro Omar Sharmarke.

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.